Você já ouviu falar no termo “conferência de frete”? Trata-se de um modelo de negócio utilizado em transportes náuticos, onde é formado um grupo de embarcações, chamado conferência de frete, o qual organiza os transportes para determinada região geográfica, otimizando o trabalho de todos e contribuindo para a redução do custo operacional de cada participante da conferência.

Que tal aprender mais a respeito deste conceito e pensar na aplicação dessa estratégia para otimizar o tempo e aumentar a margem de lucro da sua empresa?

 

Como funciona a conferência de frete

Imagine várias embarcações, todas transportando mercadorias para o mesmo lugar. O custo de movimentação de uma embarcação que não está cheia é altíssimo, sem falar no tempo que demora para que ela chegue ao destino.

A solução encontrada, então, é formar uma espécie de cooperativa, onde todas as embarcações levam os produtos das empresas associadas. Isso permite planejar uma rota única, determinar um preço de frete único para todos os participantes e criar um cronograma de viagens que permita controlar os envios e prazos de entrega com maior precisão.

 

Como usar essa ideia no transporte rodoviário

Pensando da mesma forma, existem várias empresas de transporte que entregam produtos na mesma região geográfica. A ideia é reunir essas empresas, fazer um inventário dos veículos disponíveis e determinar um cronograma de transporte que envolva uma empresa de cada vez, levando as mercadorias de todos.

Como a rota será sempre a mesma, é possível dimensionar o tempo de ida e volta, o combustível, os pedágios, as taxas, as paradas do motorista e todas as demais atividades relacionadas. Em outras palavras, a previsibilidade permite que você determine com maior assertividade o preço do frete de modo que a sua margem de lucro seja preservada.

shutterstock_184855541

 

E como a conferência de frete ajuda a reduzir custos?

Primeiramente, porque as empresas que formam a conferência não terão necessidade de frotas tão grandes, já que os veículos serão compartilhados por todos. Se você pensar nos custos de manutenção de uma frota de caminhões, já verá que a redução de um ou dois veículos fará uma grande diferença no seu orçamento mensal.

Outro ponto que você deve considerar é que, como todos os veículos sempre sairão completos de carga, não haverá desperdícios de espaço, contribuindo, mais uma vez, para que você melhore seus resultados financeiros.

Também podemos ressaltar que, como a rota de entregas é sempre a mesma, você pode prever todos os custos envolvidos em cada viagem, melhorando a capacidade de mensuração do preço de frete para seus clientes. Ao invés de considerar dezenas de variáveis na composição do preço do transporte, você terá apenas três elementos a observar: tipo da carga, destino e quantidade (peso).

Na realidade, o produto que está sendo transportado pouco importará neste caso. O que fará diferença para o preço final do frete será o valor total da carga.

E você, já havia pensado em uma solução como essa para sua empresa? Tem alguma consideração a fazer sobre a conferência de frete? Deixe seu comentário!

 

lupeon-0005-blog01-bannerchamada_20161101-01

Escrito por Lupeon

Aportada pela SP Ventures - Fundo de Inovação Paulista, a solução Lupeon une tecnologia e serviços definindo estratégias para reduzir custos com transportadores, identificando cálculos com erros, fraudes e duplicidades. Uma plataforma de gestão, auditoria e otimização para levar mais inteligência à gestão do frete.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s